Category Archives: Dinheiro e Finanças

Falamos um pouco aqui sobre dinheiro, economia, empréstimos, créditos e finanças em geral.

Simular cartão de crédito: Simule seu limite e taxas de cartão de crédito

Precisa de um cartão de crédito, mas não sabe qual a melhor opção para o seu caso? Você pode simular cartão de crédito de variadas formas.

Porém existe alguns cuidados que você precisa tomar antes de simular cartão de crédito. Entre eles podemos citar:

  • Se você estiver com o ‘nome sujo’ será bem difícil conseguir um cartão de crédito;
  • Com o nome sujo as empresas liberam um limite baixo para o seu cartão ou cobram taxas mais altas (ou ambos);
  • Fique atento as mensalidades. Alguns cartões cobram essas taxas, enquanto que outros não cobram nem mensalidade, nem taxas anuais;
  • Compare os benefícios entre os cartões. Veja qual cartão tem os melhores benefícios para você.

Essas dicas são muito importantes na hora de simular cartão de crédito.

Isso pois você, antes de simular cartão de crédito precisa pensar em quais são as suas necessidades.

Dentro dessas necessidades você procura um cartão de crédito que te ofereça melhores benefícios.

Por exemplo, alguns cartões concedem limites de créditos mais altos e poucos benefícios extras.

Já outros são mais ‘modestos’ quanto ao limite ofertado, porém concedem melhores benefícios.

Faça um balanço na hora de simular cartão de crédito.

Como simular cartão de crédito

Simular cartão de crédito é fácil, principalmente pela internet.

Você precisará dos seus dados (como nome completo, nome da mãe, CPF e etc).

O primeiro passo é pesquisar bancos e empresas que ofereçam cartão de crédito.

Após isso, busque em seus sites a aba para simular cartão de crédito.

Como citado acima, compare o que fica melhor para você (limite, taxas, benefícios e etc).

Após a simulação você envia os seus dados para o cartão de crédito de sua escolha e aguarda uma notificação.

Essa notificação pode levar alguns dias para chegar em seu e-mail. Nela constará se o seu cartão foi aprovado ou não.

Existem alguns sites que comparam várias opções de bancos e empresas na hora de simular cartão de crédito.

Neles também são apresentados as taxas, benefícios e limites ofertados para cada cartão de crédito.

Isso ajuda a acelerar o seu processo de escolha.

Gostou das dicas sobre simular cartão de crédito? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Máquina de cartão: 3 melhores opções do mercado

Hoje em dia a empresa que não oferece o cartão de crédito como forma de pagamento, não está competitiva no mercado. Isso porque, muitas pessoas nem andam mais com dinheiro em espécie, utilizando somente o cartão de crédito como meio de pagamento.

Por esse motivo, ter uma máquina de cartão se tornou indispensável para qualquer negócio. Além de praticidade, a máquina de cartão também oferece segurança para o vendedor e comprador.

Porém, pode ser uma tarefa complicada escolher uma máquina de cartão de crédito. Isso porque existem muitas opções no mercado, que variam desde taxa até qualidade de serviço.

Com tantas opções, fica difícil saber qual é a melhor máquina de cartão para escolher. Iremos lhe ajudar com esse post.

Melhores opções de máquina de cartão do mercado

Minizinha Pagseguro

Essa opção de máquina de cartão é a de menor valor oferecida pelo Pagseguro. Ela possui um valor bem baixo e por isso, é de fácil aquisição para qualquer empreendedor ou microempreendedor.

Ela é indicada principalmente para autônomos e donos de pequenos negócios.

Um ponto negativo dessa opção é que ela não possui chip, por esse motivo, precisa de um aparelho celular e internet para realizar a transação. O problema desse tipo de máquina é que, se você estiver em algum lugar sem acesso à internet ou com sinal ruim, a transação será comprometida.

Sumup

Essa empresa de máquina de cartão custa um pouco mais caro que a minizinha da pagseguro. Porém, ela está entre as taxas de débito mais baixas do mercado e por isso, se tornou bastante conhecida entre os lojistas.

Cielo

A cielo é uma das mais antigas do mercado, uma das primeiras a surgir. No início era muito usada pois o mercado tinha pouca concorrência, por isso praticava taxas altíssimas.

Porém, com o novo cenário e o surgimento de diversas máquinas com baixíssimas taxas e mensalidade, a cielo precisou se reinventar no mercado.

Por isso, hoje em dia a Cielo possui alguns lançamentos de máquina de cartão com preços bastante competitivos, vale a pena pesquisar.

Máquina de cartão: 3 melhores marcas de maquininha

Quem tem um pequeno negócio, sabe da importância de escolher uma boa máquina de cartão. São tantas opções disponíveis no mercado que fica até difícil escolher a melhor não é mesmo? Neste post vamos lhe mostrar a melhores marcas de maquininha do mercado.

1 – Moderninha Pro – Pag Seguro

É uma maquininha sem anuidade e nem aluguel. O funcionamento é através de conexão Wi-fi, bluetooth e chip, e o recebimento dos valores acontece em até um dia útil. É bastante versátil e prática em comparação com as concorrentes.

  • Valores das taxas: 2,39% no débito, 4,99% no crédito à vista e 5,59% no parcelado + 2,99% por parcela (até 12 vezes)
  • Preço: 12 x R$ 64,90 ou R$ 778,80 à vista

2 – Máquinas de cartão – Cielo

É uma das marcas mais reconhecidas do mercado, no entanto tem perdido espaço nos últimos anos. Os valores são por mensalidade, e o empreendedor paga mensalmente para ter o direito de utilização do equipamento.

  • Valor das Taxas: Débito: a partir de 2%, Crédito a vista: a partir de 2,5%, Crédito parcelado a partir de 3,25% (duas a três parcelas), 3,5% (quatro a seis parcelas) e 4% (sete a doze parcelas), Crediário: a partir de 4%
  • Preço: Não cobra, e as mensalidades ficam entre R$ 109,90 a R$ 159,00.

3 – Máquinas de cartão – iZettle

A empresa está no Brasil desde 2013, e tem foco em pequenos e médios empreendedores. Também oferece aos clientes a compra do equipamento, e não cobra mensalidade.

  • Valor das Taxas: Débito: 2,39%, Crédito a vista: 4,99%, Credito parcelado: 1,99% por parcela (a partir da 2a parcela)
  • Preço: R$ 299,00 no primeiro ano ou R$ 499,00 se for pago depois disso.

Bom agora que você já conhece as três melhores marcas de máquinas de cartão do mercado, resta apenas escolher a melhor opção para sua empresa.

Conta corrente: Como escolher a melhor opção para você

Ter uma conta corrente hoje é indispensável. Com ela você pode agilizar sua vida, realizando seus pagamentos, recebendo dividendos e investindo para ter sempre uma segurança a mais.

Tão importante quanto a abertura da conta é escolher a opção de conta mais adequada para seu estilo de vida financeira. Assim, você pode reduzir custos com taxas de manutenção, por exemplo.

Neste artigo vamos contar para você o que há de melhor nas instituições financeiras e, assim, possa aproveitar os serviços que contemplem seus anseios monetários. Vem ver.

Tipos de conta corrente

Sabia que existe mais de um tipo de conta corrente? Pois é!  As contas digitais e universitárias são tipos que possuem taxas bem mais acessíveis ou, praticamente nulas.

Para abrir uma conta totalmente gratuita, você pode optar pelos bancos digitais. Sobretudo, aqueles que oferecem um pacote básico de serviços com uma quantidade de TED’s e DOC’s gratuitos.

Se você for estudante universitário, os valores dos serviços cobrados podem cair pela metade. Para isso, é preciso comprovar, por meio de documento, sua filiação a alguma instituição de ensino superior.

Dicas para escolher a melhor conta corrente

Todo banco, ao iniciar o procedimento de abertura de conta corrente, irá oferecer uma série de serviços, tais como: cheque, cartão de crédito, seguros. A contratação deles implica em um pagamento mensal de taxas.

Tem muita gente por aí que paga essas taxas e não utiliza esses serviços, logo, está fazendo um mau investimento. Assim, antes de mais nada, analise qual deles você realmente irá utilizar.

Se o seu objetivo com uma conta corrente é fazer movimentações com TED e DOC com frequência, então é interessante optar por serviços, como a emissão de folhas de cheque é algo dispensável.

Isso precisa ser comunicado ao seu gerente na abertura para que providências sejam tomadas a tempo e você não seja prejudicado.

Como posso ganhar dinheiro com apostas

Jogos de azar, como nos casinos. Você pode desistir imediatamente. A vantagem da casa é grande mesmo nos jogos onde é relativamente baixa, como o blackjack. Pôquer ou apostas esportivas é o caminho a percorrer. Voce nunca vai ganhar dinheiro pela internet nessas casas.

Para apostas esportivas, aqui estão alguns conceitos importantes que você deve conhecer, recursos educacionais, ferramentas e medidas práticas que você pode seguir para melhorar suas apostas.

  1. Encontre valor a partir de desvios de probabilidades em casas de apostas. 
    Casas de apostas diferentes oferecem diferentes probabilidades. Portanto, você deve distribuir seu saldo em contas com vários agenciadores para obter as melhores chances possíveis.

O valor ocorre quando você tem vantagem sobre as casas de apostas ou os mercados. Existem basicamente duas razões pelas quais um valuebets ocorre – e para entendê-las, precisamos cobrir como as casas de apostas operam. Todas as casas de apostas e bolsas de valores têm uma margem – em última análise, como elas ganham dinheiro. Sua margem pode variar de 3% a 20%. Imagine um coin flip puro onde você pode apostar cara ou coroa. As probabilidades devem ser 2 em cada lado, o que significa 50% de probabilidade de atingir um dos lados. Para as casas de apostas ganharem dinheiro, eles colocam suas chances em 1,8 nos dois lados, ganhando 10% de desconto em qualquer aposta vencedora.

As melhores e mais nítidas casas de apostas do mundo são puramente orientadas para o mercado, o que significa que, quando se coloca dinheiro suficiente em um dos lados, as probabilidades diminuem enquanto o outro aumenta. Isso significa que as chances são decididas pela liquidez no mercado. Quando a quantidade de dinheiro que está passando é alta o suficiente – as probabilidades estão tão próximas da perfeição quanto possível. Ao olhar para as probabilidades desses mercados de alta liquidez, pode-se adquirir o conhecimento de centenas de milhares de pessoas. Não há muitas casas de apostas capazes de conseguir isso, porque elas não têm uma base de clientes grande o suficiente para tornar as coisas muito incertas. Os que podem são na maior parte colocados na Ásia. O valor ocorre quando qualquer tipo de informação nova que impacta o jogo é adquirida.

Um bom exemplo é o jogo da Taça de Inglaterra entre o Chelsea e o Manchester City a 21 de Fevereiro. Um par de horas antes do jogo, as melhores chances que você poderia obter no Chelsea para ganhar eram em torno de 1,75-1,8. Então, exactamente 1 hora antes do jogo, as formações tornaram-se públicas – e o Manchester City trouxe cinco estreantes adolescentes na sua carreira .ineup. Como visto na foto, essa informação desencadeou uma grande mudança no mercado. Todos os mercados de alta liquidez caíram de 1,75-1,8 para 1,35-1,45 em menos de 10 minutos. No entanto – muitas das casas de apostas europeias não reagiram quase com rapidez suficiente. Algumas casas de apostas gastaram mais de 30 minutos mudando suas chances. Isso significa que agora você pode fazer com que o Chelsea vença em 1,7-1,8 quando todos concordarem que não devem ter mais do que 1,35-1,45. Isso acabou sendo uma vantagem maior que 15%.

Uma vantagem pode ser revista como uma aposta com + EV%. Se você colocar $ 100 em uma margem de 15%, você pode esperar um lucro líquido de $ 100 * 15% = $ 15. Bordas tão altas quanto 15% são um pouco incomuns, mas existem bastante na faixa de 2 a 6% nas casas de apostas suaves.

O objetivo é conseguir um grande volume de apostas / rotatividade com uma pequena margem para obter lucro a longo prazo.

.

  1. Comece com a compensação de bônus de inscrição nos bookmakers soft.

A maioria dos soft bookmakers oferece bônus com um requisito de turnover, por exemplo, um 10x. Você pode usar arbitragem para limpar esses bônus. Por exemplo, digamos que você está apostando em um Over / Under em um jogo de basquete. Bookie A oferta 2,05 em desacordo em um over, enquanto Bookie B oferece uma 2,05 em probabilidades em baixo. Ao colocar $ 100 em cada lado, você tem um surebet com um lucro garantido de 2,5%. [1 / (1 / 2,05 + 1 / 2,05)]. Lembre-se que seu objetivo é liberar o bônus, para que você possa ir a break mesmo pegando 2.0 e 2.0 ou até mesmo um pouco abaixo. Apenas certifique-se de que seu bônus é grande o suficiente para justificar as apostas com um valor esperado ligeiramente negativo.

  1. Saiba que os “informantes” que são lucrativos nunca dariam seus conselhos de graça.

A maioria dos informantes ganham dinheiro com ofertas de afiliados com casas de apostas, onde ganham dinheiro se você usar seus links para se inscrever no site de apostas ou obter uma porcentagem das perdas feitas pelos apostadores. Se um informante tiver uma vantagem real ou informação privilegiada, eles mesmos agirão sobre isso. Apenas depois de terem tomado uma posição no jogo, estarão dispostos a desistir dessa informação. O resultado é que eles têm melhores chances do que você. Por exemplo, se um informante recomenda Troy em casa contra o sul da Flórida na NCAA em 1,75. Eles poderiam ter uma posição anterior em 1,80. Quando as pessoas começam a seguir seus conselhos e o mercado cai para, digamos, 1,65, eles podem fazer uma aposta no outro lado para fazer uma aposta segura. A maioria dos informantes também não quer dar seu histórico e, pelo menos uma vez, não há garantia de que eles não tenham simplesmente excluído algumas das apostas perdidas. Para os informantes que realmente mostram seu histórico completo, o tamanho da amostra é geralmente muito baixo. Se apenas fizerem 250 apostas por temporada, por exemplo, os resultados serão principalmente devido à sorte. Existem dois bons artigos na Pinnacle, que abrange como avaliar registros de trilha de informantes e viés de sobrevivência .

Uma das formas de Ganhar dinheiro atualmente no Brasil é através do cartolafc, um jogo voltado para apostar envolvendo futebol.

Simular cartão de crédito: simule seu limite e taxas de cartão de crédito

Você é aquela pessoa que tem medo dos juros do rotativo, das taxas de anuidade e de se perder em dívidas? Por que não simular cartão de crédito?

O simulador de cartão de crédito é uma ferramenta semelhante aos simuladores de empréstimos: você informa o valor utilizado, as taxas de juros e o tipo de pagamento.

Apesar de o resultado não substituir os cálculos realizados pelas instituições de crédito, o simulador ajuda a ter uma ideia de quanto você vai pagar com o seu cartão e como os juros tendem a ser menores quando o pagamento da fatura é à vista.

Sendo assim, aprenda, neste artigo, a simular cartão de crédito. Confira!

Onde simular cartão de crédito?

O Banco Central tem a sua disposição o simulador de cartão de crédito na página da “Calculadora do Cidadão”, uma ferramenta para planejamentos financeiros.

Com ele, você não só pode simular cartão de crédito, descobrir taxas e seu limite de crédito como também compara com outras opções no mercado, como o cheque especial, crédito consignado e crédito pessoal.

Também é possível conferir outro benefício da calculadora: os números por trás da taxa de Custo Efetivo Total (CET), com os juros e encargos que incidem sobre o seu financiamento.

Por que simular cartão de crédito?

Simular cartão de crédito é uma ótima alternativa para quem deseja pagar taxas mais baixas. Além disso, as operadoras podem oferecer uma linha de crédito de acordo com o seu perfil e necessidade.

Por exemplo, se você efetua compras acima de determinado valor pode conseguir um cartão de crédito com extras vantagens e taxas menores.

Já para o caso de você realizar muitas viagens ao exterior, é mais vantajoso ter um cartão que se ajusta ao perfil de um viajante.

Seja qual for o seu perfil de usuário, simular cartão de crédito ajuda a conhecer as taxas sobre o montante que você utilizou ou pretende utilizar, sem passar do limite.

 

Passos essenciais para ter um negócio próprio

Deseja expandir o seu negócio, ser mais competitivo na sua indústria e atingir determinados objetivos? Se você respondeu sim a qualquer um dos acima, você precisa de um plano de negócios.

Quer tenha começado ou esteja em funcionamento há anos, o planeamento de negócios pode ser a chave para o seu sucesso.

Expusemos algumas razões pelas quais precisa de começar o seu plano de negócios hoje

Tenha um plano de negócio

Um plano de negócios é vital para ajudá-lo a obter financiamento.

Se você está procurando financiamento para o seu negócio, você vai precisar mostrar aos bancos e investidores por que eles devem investir em seu negócio.

Investidores só arriscarão o seu tempo e dinheiro se estiverem confiantes de que o seu negócio será bem sucedido e rentável.

Um plano de negócios completo e bem pesquisado. Isso significa:

  • Mostra que estás a falar a sério sobre o teu negócio.
  • Ajuda mutuantes e investidores a entender a sua ideia de Negócio
  • Mostra os lucros previstos e os fluxos de rendimentos.
  • Seu plano de marketing também é uma parte crucial para ajudá-lo a atrair fundos.

Para mais informações sobre negócios, conheça o blog empreendeblog.com.br

Um plano de negócios pode ajudá-lo a dar prioridade

Um plano de negócios completo é uma das ferramentas mais valiosas para ajudá-lo a alcançar seus objetivos de longo prazo.

Ele dá sua direção de negócios, define seus objetivos, mapeia estratégias para alcançar seus objetivos e ajuda você a gerenciar possíveis solavancos na estrada.

A elaboração de um plano de negócios irá ajudá-lo a definir os objetivos que deseja alcançar e as estratégias para alcançá-los.

Isso significa que você pode focar seus recursos e energia no que você precisa fazer, em vez de se espalhar demasiado fino.

O processo de planejamento também ajuda você a considerar possíveis solavancos na estrada e colocar um plano no lugar para geri-los melhor se eles aparecem.

Uma vez que você tem um plano de negócios em vigor, é uma boa ideia para revisá-lo regularmente e atualizá-lo para:

  • Lembre-se de seus objetivos e prioridades
  • Avaliar se as suas estratégias estão a funcionar
  • Adapte-se a quaisquer novas alterações no seu ambiente
  • Aproveite ao máximo as novas oportunidades à medida que se aproximam.

Ter mais controle sobre o seu negócio

Desenvolver seu plano de negócios ajuda você a recuar e olhar para o que está funcionando em seu negócio e o que você pode melhorar.

Se você tem funcionários, o processo de planejamento pode ser uma boa oportunidade para buscar o seu feedback sobre possíveis ideias e melhorias.

Seus funcionários valorizarão esta oportunidade de contribuir para o negócio.

Tirar o tempo do seu negócio para planejar lhe dará uma sensação de controle sobre o futuro do seu negócio e pagar a longo prazo!

O planeamento empresarial pode parecer avassalador e demorado, mas muitas empresas de sucesso vêem-no como uma oportunidade.

O processo de planejamento ajuda você a aprender sobre as diferentes forças e fatores que podem afetar seu sucesso.

Se você já está no negócio, isso ajuda você a recuar e olhar para o que está funcionando e o que você pode melhorar. Em vez de se preocupar com o futuro, um plano de negócios ajuda a dar-lhe uma sensação de controle sobre o seu negócio e seu sustento.

Escrever e pesquisar para o seu plano de negócios dá-Lhe a oportunidade de:

  • Conheça a sua indústria, mercado e concorrentes
  • Escreva exatamente para onde está no mercado e para onde vai.
  • Identificar os desafios que você pode encontrar e elaborar
  • Estratégias para evitá-los ou superá-los
  • Compreender as suas finanças de negócio, incluindo a gestão do
  • Fluxo de caixa e determinar o seu ponto de equilíbrio
  • Definir metas específicas, prazos para alcançá-las e como você vai medir o desempenho
  • Tome decisões empresariais sólidas que concentrem as suas atividades, maximizem os seus recursos e lhe proporcionem uma vantagem competitiva.

A importância de ter um bom plano de negócio

É importante ter um plano de negócios, mas também é importante mantê-lo atualizado.

Um plano de negócios não é um documento que você cria uma vez e armazena em sua gaveta de baixo.

É um guia vivo que você deve desenvolver à medida que seu negócio cresce e muda. As empresas de sucesso revisam e atualizam seu plano de negócios quando as circunstâncias mudam.

Lembre-se de rever regularmente o seu plano de negócios.

Se você tem uma equipe em seu negócio, realizar sessões de brainstorming e buscar informações em blogs de empreendedorismo é uma boa maneira de se beneficiar de seus conhecimentos-isso garante que você está todos na mesma página e que você recebe o apoio deles.

Cartão de crédito Fácil: Como conseguir cartão de crédito Fácil

Atualmente os cartões de crédito são sem duvida um dos principais meios de pagamentos eletrônicos atuais, a facilidade de utilização, segurança e os benefícios relacionados a utilização do cartão, fazem com que venha se tornando através dos anos o principal meio de pagamento de muitas pessoas.

Cartão de crédito Fácil Como conseguir cartão de crédito Fácil

Os cartões de crédito estão disponíveis hoje para contratação por diversas maneiras, seja através dos bancos convencionais, fintechs, que são os novos bancos digitais, instituições financeiras especializadas em comercialização de cartões de crédito, programas de fidelidade de marcas e lojas, além da possibilidade de contratação diretamente com grandes magazines, lojas de vendas online e as mais variadas marcas.

Normalmente não existe muita dificuldade em conseguir um cartão de crédito, se você estiver com todos os seus dados cadastrais em ordem e não possuir restrições em seu nome muitas instituições financeiras com certeza vão disponibilizar linhas de cartão de crédito para sua aquisição.

A oferta de cartões de crédito esta bastante expandida no mercado nacional, o cartão de crédito hoje é disponibilizado na abertura da maioria das contas correntes dos bancos tradicionais, além da possibilidade de contratação em lojas de consumo, postos de gasolina que tem como objetivo além de oferecer o cartão de crédito fácil, oferecer benefícios para fidelizar o cliente a marca.

Você pode solicitar o seu cartão muitas vezes de maneira totalmente online, inclusive existem sites especializados na comparação de cartões de crédito, permitindo que você opte pela linha de cartão que se enquadrar melhor em suas necessidades e busca de utilização do cartão.

Existem cartões com isenção de anuidade, outros com benefícios maiores como por exemplo alta pontuação em programas de milhagem, descontos em produtos e serviços de empresas parceiras do cartão de crédito, descontos nos pagamentos de faturas, além de diversos outros serviços inclusos como por exemplo salas vip em aeroportos, seguro viagem incluso para viagens internacionais, entre outras vantagens.

Cartão de Crédito para Negativado

O mercado financeiro começou a perceber que a demanda pelo cartão de crédito também é alta por pessoas que estão com dividas ou com problemas em sua situação financeira, pensando nisso diversas operadoras desenvolveram linhas de cartão de crédito com facilidade de contratação e disponibilidade sem necessidade de comprovação de renda, nem análise de crédito.

Estes cartões são chamados de Pré-Pagos, seu funcionamento é igual ao de um cartão de crédito comum, com diversos benefícios e as mesmas vantagens de conseguir realizar pagamentos sem a necessidade de andar com o dinheiro físico, inclusive com funcionamento no exterior e possibilidade de pagamentos através da internet.

A principal diferença é que este cartão não possui um limite de crédito pré-aprovado, é necessário que você coloque créditos em seu cartão para utilização. O funcionamento é parecido com os telefones pré-pagos por exemplo, onde você coloca os créditos para poder utilizar.

Esta linha de cartão de crédito é uma ótima opção também para pessoas que possuem dificuldade em gerenciar os cartões de crédito convencionais, já que o cartão irá funcionar apenas enquanto houver saldo disponível pré-pago, não existe a possibilidade de você ter gastos maiores do que era previsto.

Por que compartilhar seu conhecimento na internet é um grande negócio

Por que compartilhar seu conhecimento na internet é um grande negócio.

“A competição é seu pior inimigo”, “Não conte sua idéia a ninguém” Soa? O que costumava ser um conselho sábio agora está em dúvida. E é que a era do compartilhamento de conhecimento chegou.

Todos os dias recebe convites para workshops, palestras, minicursos, cursos online – muitos deles gratuitos – onde especialistas de diferentes áreas compartilham seus conhecimentos.

Como é isso? Desde quando disse como eu faço isso se tornou um negócio? O que eles ganham com isso?

Alex Vargas, criado do Formula negocio online garante que você tenha uma boa posição na internet (com um blog, um canal do YouTube ou qualquer outra rede social), falando sobre seu negócio, contando como você faz, dando dicas e até segredos , posiciona você como um especialista em sua indústria.

E nós estamos na era de compartilhar conhecimento!

Se você pensar sobre isso, encontrar soluções na internet é algo que todos nós fazemos todos os dias. E quem dá essas soluções? Pessoas! Sem máquinas. Eles são pessoas comuns, como você e eu, que sabem algo e decidiram – muito habilmente – compartilhar isso com o mundo.

Onde está o negócio?

Quando nos deparamos com uma solução na Internet sobre um problema específico, posicionamos automaticamente a pessoa que nos deu, como especialista nessa área. Isso é algo natural, algo que os humanos fazem constantemente.

Quando alguém fala apropriadamente sobre um assunto e nos mostra que sabe do que está falando, já nos venderam alguma coisa, mesmo que não tenhamos garantido: Damos a eles nossa credibilidade.

Então, no futuro, vamos falar sobre ele em nosso círculo de amigos como “aquele que sabe sobre esse assunto”. Quando nos deparamos com a necessidade de comprar um produto ou contratar um serviço em sua área, é muito provável que escolhamos esse especialista. . Tudo isso por causa das referências que temos dele, graças ao que ele compartilhou conosco online. Existe o negócio mais visível.

Mas não é só isso. A pessoa também se torna uma referência em sua área para a mídia, convida-os para programas de rádio, televisão, para colaborar em uma coluna de um jornal, para dar palestras, para eventos. O que tem um impacto comercial significativo.

Com medo que eles te copiem?

O primeiro medo que nos vem à mente, com a ideia de partilhar os nossos conhecimentos na Internet, é nos copiar. “Se eu disser como faço isso, tenho certeza que eles farão isso e eu estarei fora do trabalho.” Mentira!

Geralmente aqueles que pesquisam na internet sobre um tópico, é porque precisam de uma solução naquele momento, não porque querem dedicar-se a ela pelo resto de suas vidas e fazer um negócio.

Algo que muitas vezes acaba acontecendo é que, vendo como isso é feito – ou porque é mais complicado do que eles pensavam, ou não quer dedicar seu tempo para fazer o que eles não amam (mas você faz) – decidir contrato diretamente com você.

Mas a concorrência? Os copycats  e concorrência desleal sempre existiram, em todas as áreas, em todos os momentos. Então, para isso, o conselho continua o mesmo: evite distrair você e concentrar melhor essas energias na inovação, que é algo que pertence aos criativos e não aos outros.

Pronto para vender!

E é daí que surge uma questão fundamental. Se a sua intenção em compartilhar sua sabedoria na internet é para fins comerciais, é importante que você tenha sua estratégia bem estabelecida neste momento.

Sempre mencione seu nome associado ao campo em que você está, tenha uma imagem gráfica constante, contribua para posicionar-se na mente do consumidor.

Também é essencial que a pessoa que está assistindo ou lendo você saiba que pode contratá-lo ou comprar seu produto, por quanto e como. Certifique-se de deixar em cada publicação uma chamada à ação para seu possível cliente.

A Internet mostrou muitas coisas, inclusive que a humanidade está disposta a compartilhar o que sabe e que todos, todos nós, têm algo de bom para contar.

Sentir-se útil para o outro dá uma sensação de bem-estar único. Acontece comigo com o blog, quando leio seus comentários e seus e-mails, pelos quais sou sempre muito grato.

Tenho certeza de que você também tem algo de bom para compartilhar e que muitas pessoas estão esperando para aprender com você. Seja encorajado!

 

Como se beneficiar do Second Chance Act

Você já imaginou o que seria não ter que enfrentar suas dívidas, se você não pode pagá-los? Embora pareça difícil de acreditar, existe uma regra que permite que você se livre de todas as suas dívidas, se sua situação financeira é crítica  seu CPF esta restrito.

Naturalmente, você deve cumprir rigorosamente os requisitos estabelecidos. Nós dizemos a você o que é e como se beneficiar da Lei da Segunda Chance. Não perca detalhes!

Segunda Lei Chance: definição e requisitos

É uma regra que permite a isenção de dívidas para as pessoas que têm uma situação financeira tão complicada que não conseguem lidar.

A lei é realizada através de um procedimento administrativo que deve passar pelo tribunal, ou seja, é um juiz que irá permitir a Lei Second Chance, desde que sejam cumpridos três requisitos básicos:

  • Prove que você não tem ativos para lidar com dívidas ou que isso já foi liquidado
  • Que o total das dívidas não exceda cinco milhões de euros
  • Que o juiz dá conta da boa fé do devedor

Boa fé do devedor

Considera-se que um devedor agiu de boa fé quando tentou chegar a um acordo com os credores antes de iniciar a competição, quando ele não foi condenado nesse concurso ou quando não tenha cometido crimes de natureza econômica. Faça a consulta do CPF para saber quem são os credores para quem você deve.

Segunda Lei Chance para indivíduos

A Lei da Segunda Chance é destinada a indivíduos: isto é, trabalhadores autônomos ou privados. Por essa razão, a Lei da Segunda Chance é um bom recurso quando a situação financeira dessas pessoas é desesperadora.

É uma lei que permite uma segunda chance para aqueles que estão em um bloqueio econômico. Isto significa que eles não terão mais que enfrentar suas dívidas com seus bens, já que um juiz irá exonerá-los deles.

O procedimento é semelhante, seja uma pessoa autônoma ou um indivíduo privado. A única diferença é que, para os empregadores, o processo passará pela rota comercial enquanto, para os indivíduos, o processo passará pelos tribunais de primeira instância.

Como se beneficiar do Second Chance Act

Para se qualificar para esta Lei, a primeira coisa é tentar chegar a uma resolução extrajudicial de pagamentos, ou seja, renegociar a forma de retorno do dinheiro com as empresas ou entidades bancárias. Se este acordo não for cumprido devido à insolvência, é quando o procedimento da Segunda Chance Act pode ser ativado.

O juiz examinará minuciosamente os bens do candidato para verificar se ele não tem ativos para lidar com suas dívidas e se é um devedor de boa fé.

Se você confirmar que todos os requisitos foram atendidos, você concederá o cancelamento de todas as dívidas, com uma exceção, as dívidas públicas. Isto significa que as dívidas contraídas com a Agência Tributária ou a Segurança Social não podem ser exoneradas. Mas essas dividas podem ser consultar o CPF no site da receita federal.

Segunda Lei Chance: autônomo

No caso dos trabalhadores por conta própria, se a resolução extrajudicial não for bem sucedida e antes de se requerer a isenção de dívidas, é habitual ir à reunião dos credores voluntários.

Uma vez liquidada todos os ativos no concurso, exceto os ativos básicos para o desenvolvimento da actividade profissional, e pagou tanto quanto possível para os devedores, é hora de pedir a renúncia de dívidas pela Lei Segunda oportunidade.

Segunda Lei Chance: hipotecas

A segunda lei Chance abrange o montante restante que continua a ser pago um empréstimo após o encerramento. Isso significa que, se o banco leiloar uma casa por um valor inferior ao preço de compra, a dívida remanescente a ser paga será coberta pela Lei de Segunda Chance.

Segunda Lei Chance: aspectos a ter em conta

Antes de iniciar o procedimento para se beneficiar do Second Chance Act, devemos conhecer alguns pontos-chave que condicionarão a adequação do processo.

  • Mesmo que não tenham que ser pagas, as dívidas não desaparecem até cinco anos depois que a possibilidade de usar esta Lei foi confirmada
  • Pode ser um processo caro devido à necessidade de contratar um advogado
  • Durante o processo é necessário submeter-se a um controle rigoroso de todas as despesas pessoais e familiares

Por todas essas razões, é importante analisar muito bem se aceitar a Lei da Segunda Chance é a melhor solução para problemas financeiros.

Fonte: Guia Consulta CPF