Category Archives: Dicas

Dicas sobre diversos assuntos.

Como montar uma loja no instagram

Nossa realidade digital está com uma mudança atrás da outra. É tanta mudança que toda semana aparece uma novidade de nos deixar de boca aberta.

Você já sabe que anteriormente o Instagram não passava de uma mídia social para compartilhar fotos com legendas, mas com o tempo o Instagram foi mudando de tal forma que atualmente, por meio dele, surgiram novas profissões, como Influenciador Digital.

Estando ao lado da rede social Facebook, o Instagram é uma mídia social que nos permite compartilhar o que quisermos e seguir outras pessoas para que vejamos suas postagens, além de podermos curtir e comentar sobre as postagens.

Pode parecer algo bobo se dito teoricamente, mas na prática é difícil encontrar alguém que não use o Instagram, principalmente entre o público adulto e jovem, ou seja, é possível afirmar que grande parte da população mundial se encontra nesta mídia social.

Com tanto público em único lugar, as possibilidades de finalizar uma venda são muito maiores do que em qualquer outra plataforma, e foi pensando no marketing digital que o próprio Instagram disponibilizou abrir uma loja dentro da plataforma. Veja como!

COMO CRIAR MINHA LOJA NO INSTAGRAM?

Acompanhe agora um passo a passo detalhado para que você não se perca na hora de criar sua loja virtual dentro do Instagram. Acompanhe!

  1. Antes de qualquer coisa baixe e instale o aplicativo do Instagram em seu aparelho celular – O Instagram não possui versão de acesso para navegadores, apenas aplicativo.
  2. Siga as instruções do aplicativo para a criação do seu login de acesso ao aplicativo – Não se esqueça de que seu objetivo é sua loja virtual, por isso faça o cadastramento do perfil com referência a seu negócio e não referente a você.
  3. Caso você já tenha um perfil no Instagram, você só precisará alterá-lo para “perfil comercial” na página de “Configurações” dentro do aplicativo.
  4. Vincule sua conta com o seu Facebook – Lembrando que o Facebook também deverá fazer referência a seu negócio, já que é necessária uma loja virtual no Facebook para ter uma loja virtual no Instagram.
  5. Após vincular sua conta comercial do Instagram com o seu Facebook comercial, você precisará divulgar em sua loja do Facebook os seus produtos e serviços.
  6. Entre em sua conta comercial do Instagram e faça, no mínimo, 9 publicações em seu perfil, sendo elas quaisquer uma, sem nenhum compromisso.
  7. Após efetuar as publicações, aguarde o contato do Instagram pelo aplicativo informando que sua conta comercial foi aprovada.
  8. Assim que o Instagram entrar em contato informando a liberação do perfil comercial, leia os termos e políticas do Instagram acerca da loja virtual e, se concordar, você estará pronto para iniciar sua loja virtual.
  9. Automaticamente o Instagram irá apresentar sua página do Facebook vinculada com os produtos lá cadastrados, você só precisará selecionar quais deseja vender na loja do Instagram. Confira: Planos do Gerenciagram

CONCLUSÃO

Como você pôde ver no passo a passo, não é difícil criar uma loja virtual no Instagram. Com esse novo recurso, as formas de venda no Instagram estão muito mais aprimoradas e eficientes.

Ao criar sua loja virtual no Instagram, tenha em mente que esse é seu negócio, estabeleça metas e objetivos para que você não se perca ou desista nessa difícil trajetória que são as vendas.

Se você antes se sentia inseguro sobre vender na internet, saiba que você pode fazer um mix, por exemplo, se tornar afiliado, criar um blog, uma loja virtual no Facebook e uma loja virtual no Instagram.

Com esse mix você terá 4 plataformas para divulgar seu produto como afiliado, além de poder usá-los como fonte de renda para espaçamento de anúncios, além de lucrar com o tráfego orgânico nas plataformas.

Estratégias nunca são demais, comece agora mesmo a planejar as suas estratégias para obter grande sucesso após montar sua loja no Instagram. Boa sorte!

14 Perguntas frequentes sobre painéis solares domésticos

Você está em dúvida se deve ou obter painéis solares para sua casa? Está curioso sobre como os painéis solares geram eletricidade, economizam dinheiro e reduzem o CO2 na atmosfera? Saiba quais são as perguntas frequentes sobre painéis solares e esclareça suas dúvidas aqui neste artigo!

As perguntas e respostas abaixo ajudarão você a entender algo sobre como os painéis solares funcionam e se pode se beneficiar da instalação deles em sua casa. Vamos explicar algumas das terminologias que pode encontrar quando receber orçamentos solares para sua casa e pensar se os painéis solares podem ajudar a economizar dinheiro.

Dúvidas frequentes sobre a instalação de painéis solares

Quais são os diferentes tipos de painéis solares?

Atualmente, existem dois “tipos” principais ou tecnologias de painéis solares: painéis solares de silício (divididos em monocristalinos e policristalinos com base no processamento do silício) e filmes finos (na ordem do mais caro ao mais barato). Existem tecnologias híbridas e outros tipos.

Como os painéis solares funcionam?

Painéis solares baseados em silício típicos contém duas camadas de silício cristalizado (um excelente condutor elétrico) unido por um fio. Uma camada é positivamente carregada e atrai elétrons, enquanto outra é carregada negativamente com excesso de elétrons. Fótons de luz solar liberam elétrons do lado carregado negativamente, e esses elétrons viajam através do fio para retornar aos seus companheiros carregados positivamente. Quando vários painéis são conectados em uma matriz e os fios passam por um inversor solar e seu painel elétrico principal, esses elétrons criam eletricidade que pode alimentar sua casa.

Esta corrente elétrica é chamada de eletricidade DC (corrente contínua). “Mas espere”, você diz. “Minha casa usa eletricidade CA, então como a energia solar de CC se torna energia AC para minha casa?”

Um inversor, que vem instalado com sistemas solares, converte essa energia CC em energia CA, empurrando e puxando elétrons, criando uma corrente alternada.

Esta geração de energia pode fornecer energia para toda a sua casa e, dependendo de onde você mora, o excesso de energia pode ser alimentado na rede elétrica para obter crédito através de sua empresa de energia.

Quais são as principais peças de equipamento em uma instalação de energia solar doméstica?

Uma instalação solar doméstica típica consiste em módulos solares (ou seja, “painéis” em um rack de metal montado no teto ou no chão, conectados por um inversor que altera a eletricidade DC produzida pelos painéis em eletricidade CA e conectado ao painel elétrico principal da casa.

O sistema é conectado à fiação da casa, que por sua vez está ligado a um medidor elétrico que mede eletricidade indo e vindo da casa. Isso permite que o proprietário para utilizar a energia solar às suas necessidades e enviar o excesso para a rede elétrica, ao mesmo tempo em que extrai energia da rede quando o sol não está brilhando.

Quanto tempo dura os painéis solares?

Painéis solares e seus componentes e garantias são projetados para durar 25-30 anos, embora existam vários relatos deles com duração muito maior. Sua eficiência diminui em torno de 0,5% a cada ano, mas com o aumento da eficiência de nossas casas e aparelhos, com alguns hábitos sólidos de uso de energia, talvez você nem perceba.

Em teoria, os painéis solares podem durar para sempre, ou até que sua eficiência atinja zero. São as garantias de expiração que geralmente sinalizam o fim da vida útil de um sistema de painéis solares.

Que tipo de manutenção os painéis solares precisam?

Os painéis solares exigem muito pouca manutenção em suas vidas úteis. Os componentes de vidro, silício e metal são projetados para durar ano após ano de sol escaldante, chuva torrencial, vento uivante e granizo caindo, neve, detritos, etc. Não há peças móveis, e os painéis são vedados e projetados para seja rigoroso. Quase todos os painéis modernos vêm com uma garantia que protege contra defeitos de material e garante a produção de energia por 25 anos.

Como os painéis solares ajudam você a economizar dinheiro?

Na maioria dos lugares, as pessoas podem instalar painéis solares no telhado e usar a eletricidade produzida para compensar suas necessidades. Com os painéis ligados atrás do medidor elétrico, a empresa de serviços públicos é responsável por rastrear a quantidade de energia solar produzida e a quantidade usada pela casa quando o sol não está brilhando.

Nos melhores estados para a energia solar, a eletricidade da casa é creditada na conta de consumo do proprietário. Esse tipo de faturamento é chamado de medição líquida, e isso significa que o proprietário economiza o preço total para cada quilowatt-hora de energia solar que usa energia solar para compensar.

Quais são os incentivos para a energia solar em casa?

Os incentivos solares se enquadram em quatro categorias: créditos fiscais solares, descontos, pagamentos por desempenho e isenções fiscais.

O incentivo mais amplamente utilizado para a energia solar em domicílio é o crédito de imposto federal solar, que fornece 30% dos custos totais para instalar o sistema solar de volta a um proprietário no ano após a instalação.

Além disso, essa fonte de energia ajuda a reduzir os impactos no meio ambiente e valorizam o imóvel, uma vez que você terá uma fonte de energia limpa, renovável e econômica instalada em sua residência que deseja vender ou alugar.

Kit kat no japão.

Introduzida em 29 de agosto de 1935 pela Rowntree’s como uma empresa de confeitaria com sede em York, no Reino Unido, a Kit Kat, agora de propriedade da Nestlé, é uma das marcas líderes mundiais de chocolate. Os produtos da Kit Kat são barras de chocolate que são compostas por três camadas de wafer e cobertas com uma camada interna e externa de chocolate, convencionalmente chamadas de “dedos”. O tamanho e o número de dedos do Kit Kat variam dependendo do design do produto. As barras de Kit Kat mais populares têm 1, 2 e 4 dedos nelas.  

O nome Kit Kat veio do clube Kit Kat, que recebeu o nome de Christopher Catling, que costumava ter um clube literário e político em sua loja de tortas em Londres no século XVII. As cores vermelhas e prateadas típicas do logotipo de Kit Kat permaneceram constantes no passado, exceto em 1942, quando o design do invólucro de Kit Kat foi mudado para azul para representar a mudança na receita devido à escassez de leite fresco. Em 1949, com o aumento da disponibilidade de leite, Kit Kat retornou ao seu impressionante logotipo vermelho.

Os anos 50 assistiram à expansão internacional da marca, começando nos países da Commonwealth, como Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Rodésia e Canadá, onde a Rowntree já havia estabelecido presença. Junto com a chegada da televisão comercial no Reino Unido no final dos anos 50, veio o grande avanço na propaganda do KIT KAT.

A linha clássica “Have a break, have a Kit Kat” de Donald Gillies de uma agência de publicidade JWT em Londres foi lançada em 1958 com quatro comerciais de TV e uma campanha de imprensa. Nos 50 anos seguintes, tornou-se um ícone genuíno de publicidade e agora é uma propriedade registrada da marca. Em abril de 1988, a fabricante de chocolate com sede na Suíça, Jacob Suchard, lançou uma oferta de aquisição hostil pela Rowntree. Nos anos anteriores, a Nestlé vinha discutindo uma parceria de trabalho colaborativa com a Rowntree e, por fim, adquiriu o negócio da Rowntree. 

As últimas duas décadas após a aquisição viram um ritmo agitado de desenvolvimento de marca e expansão de fabricação nos mercados emergentes. 

Hoje, a Kit Kat é uma das marcas de chocolate mais reconhecidas mundialmente. Com o equilíbrio perfeito de chocolate delicioso e wafer crocante, é o deleite ideal. 

Combinado com o simples encorajamento para “Fazer uma pausa, ter um Kit Kat”, o chocolate nunca foi tão relevante quanto no mundo agitado de hoje.

5 Dicas para uma pele impecável no inverno

Continuar com a pele impecável no inverno parece ser tarefa difícil. Isso porque as baixas temperaturas contribuem para o ressecamento da pele. E aquele hidratante que você costumava usar diariamente, parece não fazer mais efeito. Então, ao se deparar com um dermatologista, vem a listinha e, surpresa! Um hidratante chega a custar quase 200 reais.

Então, como conquistar uma pele impecável no inverno, sem precisar gastar muito para isso? É exatamente isso que vou te contar hoje. Olha só:

1.      Tudo começa com a Limpeza de Pele

Conquistar uma pele impecável no inverno começa pela limpeza. Não adianta passar hidratante 145.255 vezes ao dia se está aplicando sob uma pele suja, com poros fechados. Pouca será a absorção do produto. Portanto, escolha os produtos certos para limpeza da sua pele e aplique-os sob água morna. Água muito quente resseca a pele. E você não quer isso, certo?

2.      Esfoliar para cuidar

A esfoliação colabora para eliminar as células mortas, promovendo uma renovação celular e abrindo os poros, preparando-os para receber o hidratante e colaborando para uma maior absorção. Para esfoliar a pele, você pode comprar esfoliantes em lojas de cosméticos, ou preparar o seu em casa, com receitas caseiras. Uma boa opção para esfoliação rápida, fácil e econômica é utilizar uma bucha, dessas orgânicas. Pode aplicar o sabonete na bucha e limpar a pele enquanto realiza a esfoliação. Aplique em movimentos circulares. A ideia não é esfregar. É justamente eliminar as células mortas, então não é força. E sim jeito. Ok?

3.      Hidratar a Pele

A escolha de um bom hidratante é fator decisivo para alcançar uma pele impecável no inverno e em qualquer estação. Dê preferência para os hidratantes feitos propriamente para o seu tipo de pele: oleosa, mista ou seca. Aplique sempre após o banho e, de preferência, 3 vezes ao dia. Eu aplico de manhã, após o banho e antes de dormir.

4.      Protetor Solar

Não tem jeito, faça chuva ou faça sol, no verão ou inverno, ele é indispensável. Se você realmente quer alcançar uma pele impecável no inverno, não pode abrir mão de um bom protetor solar, com fator de no mínimo 30 com proteção UVA e UVB.

5.      Hidratação de dentro para fora

Por fim, mas não menos importante: beba água. MUITA água. É comum a sensação de sede diminuir no inverno, mas você precisa insistir. Isso porque a água evita o ressecamento, a desidratação e diversos outros fatores. Beber água é indispensável não somente para alcançar uma pele impecável no inverno, mas principalmente para manter o seu corpo saudável em qualquer estação.

Décimo terceiro salário dos aposentados

A aposentadoria é uma época da vida em que muita gente está aproveitando para descansar, viajar e até ajudar seus familiares, já que existe um tempo mais livre.

Porém, mesmo assim, existem idosos que precisam se preocupar com dívidas, compra de remédios e outras prioridades com o dinheiro da aposentadoria e aí surgem dúvidas bem comuns em relação ao benefício, como o direito ao 13º salário e você ficará sabendo tudo sobre isso nesse artigo.

Décimo terceiro salário dos aposentados

No Brasil, existem muitas dúvidas em relação aos benefícios devidos pelo Governo à população, isso porque em um país subdesenvolvido, é muito comum os deveres serem muito mais comentados que os direitos.

E a aposentadoria, assim como o décimo terceiro dos aposentados é um direito que tem total importância no dia a dia do brasileiro.

A quantidade disponibilizada e até a data em que o décimo terceiro salário será depositado acaba tornando difícil a possibilidade de agendar um pagamento contando com aquele dinheirinho.

Quem recebe o décimo terceiro salário?

As leis trabalhistas são muito claras em relação ao pagamento deste benefício: trabalhadores registrados e ativos de acordo com a CLT além de aposentados por tempo de serviço, por idade, aposentadorias especiais ou invalidez possuem direito ao 13º.

Também recebem o décimo terceiro os segurados do INSS recebedores e Pensão por Morte, Auxílios Doença, Acidente e Reclusão, além de Salário-Maternidade.

Quanto é o valor do décimo terceiro salário dos aposentados?

Essa é uma pergunta muito feita e com uma resposta muito mais simples que o imaginado: o valor do décimo terceiro salário do aposentado é baseado no valor mensal da aposentadoria.

Ou seja, não é necessário se preocupar com um benefício abaixo do normal. O valor é calculado da mesma forma para os aposentados como é para os trabalhadores ativos.

O cálculo base tem ligação com os valores recebidos ao longo do ano e na quantidade dos meses onde o valor foi recebido. Se você é aposentado há menos de um ano, o valor será proporcional.

Sou aposentado, como calcular o meu valor do décimo terceiro salário?

É bem simples: você precisa calcular os valores relacionados ao seu salário base e o número de meses em que você recebeu o salário ao longo do ano.

Ou seja: se você recebe R$ 1800 por mês, mas se aposentou há quatro meses você precisará calcular da seguinte forma: R$ 1800 dividido por 12 meses = R$ 150. Após isso, multiplique o resultado pela quantidade de meses que você recebeu o pagamento R$ 150 vezes 4 = R$ 600.

Ou seja, se você recebeu a aposentadoria durante todo o ano ou mais que isso, o valor será de um salário integral. No caso exemplificado, seriam de R$ 1800.

Quando é feito o pagamento do 13º para aposentados?

O recebimento do décimo terceiro salário para aposentados normalmente ocorre em duas parcelas. O Governo é o responsável por escolher as datas, sempre de acordo com os cálculos ligados a situação econômica da Previdência Social.

Em 2018, por exemplo, a primeira parcela foi paga em agosto e a segunda parcela em setembro.

Na central de atendimento do 135, você consegue se informar ainda mais sobre a data de pagamento e outros detalhes importantes sobre sua aposentadoria e outros benefícios.

Efeitos do Louvor

Viver uma vida de louvor 2019  não é apenas a maneira mais divertida de viver, mas é também uma das maneiras mais poderosas de mudar sua vida. Louvor não é como o vagão que apenas segue o que acontece, mas é mais como o motor de um trem que faz as coisas acontecerem. Sua fé não está completa sem elogios. Colossenses 2: 7 diz que você é rico em fé e ação de graças. Nenhuma ação de graças é igual a não abundar em fé.

O louvor afeta você, afeta o diabo e afeta a Deus. Ela toca em tudo e em todas as partes da sua vida. Da mesma forma, a falta de elogios afeta você de maneira negativa, torna o diabo solto em sua vida e não abençoa a Deus. Você tem que acertar essa área da sua vida.

Quase todos concordam que o elogio é bom, mas poucos sentem qualquer responsabilidade de louvar a Deus quando não sentem vontade. Eu não conheço ninguém que acorde de manhã e planeja ficar deprimido. Eles gostariam de ser felizes e louvar a Deus, mas não sentem que têm algum controle sobre isso. Eles acham que o elogio é apenas uma resposta ao que acontece e que, se tudo der certo, eles farão isso automaticamente. Isso definitivamente não é o caso.

O Senhor disse a Seus discípulos na noite anterior à Sua crucificação que não deixassem seus corações se perturbarem (João 14: 1). Isto não foi uma sugestão. Foi um comando. No entanto, a maioria dos cristãos hoje acha que isso é insensível e irracional. Eles diriam que Jesus não estava sendo compreensivo e compassivo.

Esses discípulos estavam prestes a ver Jesus preso e depois fugir com medo de suas vidas. Eles veriam Jesus injustamente condenado e depois crucificado e sepultado. E Ele estava dizendo a eles que não deixassem seus corações ficarem perturbados! Para a pessoa comum, isso não é razoável.

Jesus terminou Seu discurso aos Seus discípulos naquela noite com a promessa de que eles teriam problemas (João 16:33). Uau! O que um eufemismo! No entanto, Ele disse estar de bom ânimo. Como isso foi possível? Ele disse que era possível porque Ele haviasuperado o mundo.

Na época, Jesus disse que Ele não havia sido crucificado, muito menos ressuscitado e sentado à direita do Pai. Foi por causa da fé que os discípulos deveriam se alegrar. Ele havia prometido que ressuscitaria e então reinaria, e se eles estivessem na fé, eles se regozijariam – e nós também.

Vivemos em um mundo negativo, um mundo caído onde parece que os ímpios estão ficando cada vez mais proeminentes. Muito do que ouvimos é apenas negativo, e temos que fazer um esforço deliberado para ser positivo e contrariar a cultura em que vivemos. O louvor é uma ótima ferramenta para nos ajudar a conseguir isso.

Se alguém desmaiar, a primeira coisa que faremos é verificar o pulso deles para ver se o coração deles ainda está batendo. No mesmo sentido, verificar nossas vidas de louvor é como checamos nosso pulso espiritual. Se não vivemos vidas que estão constantemente dando graças e louvor a Deus, não estamos espiritualmente saudáveis. Algumas pessoas podem se ofender com isso, pensando que eu não conheço suas situações. Mas Paulo disse em Filipenses 4: 4—

Regozijai-vos sempre no Senhor e novamente digo: Alegrai-vos.

Paulo não disse apenas uma vez; ele disse duas vezes. Ele não queria que ninguém pensasse que ele cometera um erro ou que havia exceções ao que ele dizia. Sempre devemos nos alegrar no Senhor. É um comando, não uma sugestão para fazê-lo se tivermos vontade.

Paulo viveu o que ele pregou. Quando ele foi espancado e jogado na parte mais escura e escura da masmorra, ele e Silas irromperam em louvor à meia-noite (Atos 16: 22-26). Eles não fizeram isso apenas como guerra espiritual. Eles não estavam louvando a Deus com os dentes cerrados, apenas para sair do problema. Quando eles foram libertados, eles não saíram. Eles estavam realmente louvando a Deus porque o amavam e adoravam de um coração puro. Isso afetou os outros prisioneiros que nenhum deles deixou. O louvor causou um reavivamento.

Podemos não nos sentir alegres, mas as Escrituras nos dizem em Gálatas 5:22 que o fruto do Espírito é alegria. Se temos o Espírito Santo, temos alegria. Podemos não sentir essa alegria, mas podemos escolher levantar nossas mãos e falar louvores a Deus pela fé. Aprender a louvar a Deus mesmo quando tudo está indo mal vai mudar nossos corações, nos tornar muito mais eficazes e fazer com que nossa fé seja abundante.

Eu realmente acredito que a minha escolha de louvar a Deus, mesmo depois de receber o relatório de que meu filho estava morto, foi um dos maiores fatores em vê-lo ressuscitado depois de quase cinco horas. Eu não sabia qual seria o resultado, mas comecei a louvar a Deus com todo o meu coração e dizendo a Ele – e ao diabo – que, independentemente disso, eu não deixaria de servi-Lo. Foi nesse momento que a fé abundou em meu coração, e eu sabia que ele ressuscitaria dos mortos. Obrigado Jesus!

Nós temos que aceitar a responsabilidade. Nós não somos apenas animais elevados, respondendo a estímulos. Nós somos criados à imagem de Deus. Podemos escolher dizer que vamos agradecer e nos alegrar no Senhor. Mas até que o façamos, somos vítimas. Nós nunca seremos vencedores até que deixemos de ser vítimas. Temos que nos livrar das desculpas e apenas fazer o que a Palavra de Deus diz.

Filipenses 4: 6 diz—

Tenha cuidado por nada; mas em tudo, pela oração e súplica com ação de graças, que os teus pedidos sejam conhecidos por Deus.

Você sabe o que a palavra grega para “nada” nesse verso significa? Isso não significa nada ! Isso significa que não há exceções. Claro, você pode ter problemas, mas não precisa se preocupar com eles. Você não precisa ter cuidado com eles. Você pode ir ao Senhor em oração com gratidão e fazer seus pedidos a Ele.

Jesus demonstrou o caminho certo para trazer nossos pedidos a Deus. Ele usou o que eu chamo de “técnica sanduíche”, em que nós colocamos nossos pedidos entre duas fatias de elogio. Começamos com louvor e terminamos com louvor. Podemos apenas ver como Jesus fez isso na oração do Senhor (Mt 6: 9-13). Ele começou por louvar a Deus: “Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome.” E Ele terminou louvando a Deus: “Porque teu é o reino eo poder, ea glória, para sempre” Essa é a maneira de faça.

Mesmo no Antigo Testamento, os crentes eram instruídos a “entrar em suas portas com ação de graças, e em suas cortes com louvor: agradeça-lhe e abençoe seu nome”(Sl 100: 4). Mas a nação de Israel nem sempre fez isso. De fato, o Senhor disse que, porque eles não serviam ao Senhor com alegria e alegria pela abundância de todas as coisas, Ele ia trazer julgamento sobre eles (Dt 28: 47-57). Isso mostra que Deus nos responsabiliza pelo júbilo, louvor e gratidão por todas as coisas boas que Ele nos deu.

Nós enfrentamos muitas circunstâncias difíceis nesta vida, e o mundo espera que nos comportemos de uma certa maneira quando os problemas surgirem. Mas Deus nos disse para responder de uma maneira diferente – para não deixar nossos corações ficarem perturbados. Nós podemos escolher (Deuteronômio 30:19). Temos a opção de seguir as palavras de Jesus e agir sobre a Palavra de Deus.

Pessoalmente, senti o benefício de regozijar-me no Senhor. Eu vi isso destruir o diabo. Ele não suporta isso. Eu realmente acredito que Deus habita os louvores do Seu povo (Sl 22: 3). Deus está tão satisfeito quando olhamos para além do natural e vemos as coisas à luz da fé. Isso abençoa a Deus.

Louvor não é o subproduto inevitável que surge quando tudo está dando certo em nossas vidas; é a força motriz. Louvor obterá nosso foco onde ele precisa estar – em Deus. Se começarmos a louvar a Deus no meio de nossos problemas, nossos problemas diminuirão tanto que dificilmente lembraremos de levá-los a Deus! Estaremos tão ocupados louvando-o e agradecendo-lhe por suas bênçãos que nossos problemas serão uma reflexão tardia.

Dicas para escolher nomes para seus filhos

A escolha de um nome para o seu bebê tem um impacto ao longo da vida e é uma das primeiras grandes decisões como pais, mas é também um especial e significativo.

Se você escolher um nome com significado pessoal ou simplesmente, escolher um que você gostar da pronúncia, há um número infinito de opções maravilhosas.

Apenas certifique-se de evitar algumas armadilhas e erros mais comuns, e você não pode errar na escolha perfeita bebê nome.

Faça uma lista

Faça uma lista de nomes que tenham um significado pessoal.

Esta lista poderá incluir nomes de passado, membros da família, amigos, ou figuras influentes em sua vida. Não há regras ou limites para que o nome do bebê pode ser.

Não tenha medo de se considerar significativo de nomes a partir de muitas fontes diferentes.

Amado livro ou de um filme de personagens, músicas, infância animais de estimação, ou até mesmo a rua, você cresceu no pode ser transformado em um especial e significativo com o nome do bebê.

Veja como seu parceiro

Considere as sugestões de nomes com significado também seu parceiro.

Se você e seu parceiro têm uma longa lista de nome pessoal de idéias, uma boa maneira pode ser para decidir sobre um nome com mútuo significado do seu passado comum.

Faça pesquisas sobre significados

Livros sobre significados e origem de nomes são relativamente fáceis de encontrar em biblioteca.

Ou se preferir, você também pode consultar o Significado de Nomes e consultar por conta própria.

Conclusão

Não importa o nome que o casal irá escolher: será impossível agradar a todos, e o feedback negativo pode deixar de questionar uma excelente escolha.

Se você esperar para anunciar o nome do bebê até após o nascimento, as pessoas são muito menos propensas a criticar e muito mais propensos a concordar que você fez a escolha perfeita.

Cuidando de suas orquídeas

Ilumine sua vida

Orquídeas são perfeitas para trazer um toque exótico de cor em sua casa. Aqui vou revelar como você pode cultivá-los com sucesso e onde você pode ver displays vibrantes para inspirar você.

Escolha sua planta

Você pode comprar orquídeas em jardineiras, supermercados e viveiros especializados em orquídeas. Escolha uma planta com algumas flores abertas para que você possa ver o que vai receber. Orquídeas traça são um dos mais fáceis de crescer e por isso são uma ótima opção para a sua primeira orquídea.

Cuidados essenciais

As orquídeas têm uma reputação de serem difíceis de cultivar, mas na verdade produzem plantas de casca robustas e recompensadoras. Você aprenderá agora à como cuidar de orquídeas.

Alimentando

  • Apenas alimente sua orquídea quando ela estiver crescendo ativamente. É quando você vê novos caules ou raízes de flores aparecendo.
  • Use um fertilizante de planta de casa normal (diluído a meia força) com qualquer outra rega.

Rega

  • Molhe do alto quando a panela estiver seca e leve.
  • Deixe secar entre as regas.
  • As orquídeas preferem a água da chuva à água da rede em áreas de águas duras.
  • Coloque sua orquídea em uma bandeja de pedras molhadas para aumentar a umidade.

Repotting

  • Repot orquídeas a cada dois anos.
  • Após a floração, remova os espinhos de flores velhas e derrube a planta do vaso.
  • Remova suavemente o composto antigo das raízes e remova as raízes mortas.
  • Repot no pote menor possível – de preferência o mesmo pote que saiu. Os Cymbidiums florescem melhor se forem ligados ao vaso.
  • Preencha com um composto de orquídea umedecido, à base de casca.

Escolha a casa com sabedoria

Escolher o lugar certo para a sua orquídea é a chave para o sucesso e depende de qual orquídea você está cultivando.

Orquídeas de traça ( Phalaenopsis ) e orquídeas ( Paphiopedilum )

  • Uma sala com aquecimento central e temperatura mínima de 15 ° C é ideal.
  • Escolha um local bem iluminado, longe da luz solar direta e das fontes de calor.

Híbridos de Cymbidium e Dendrobium

  • Durante o inverno (outubro a maio), uma sala fresca com boa luz e temperatura mínima de 11 ° C é ideal.
  • No verão eles vão prosperar lá fora. A exposição a mudanças na duração do dia e uma queda lenta na temperatura melhora a floração.

Espécies de Oncidium

  • Coloque em uma posição bem iluminada.
  • Uma temperatura mínima de 13 ° C é essencial para incentivar a floração.

Miltonia , Cambria , Odontoglossum , Oerstedella , Masdevallia e Epidendrum híbridos

  • Essas orquídeas precisam de uma posição fresca e bem iluminada, longe da luz direta do sol.
  • Uma temperatura mínima de 11 ° C é necessária.

Sua orquídea florescerá novamente!

Aqui estão algumas dicas para promover o reflowering.

À medida que cada flor murcha e se torna marrom, remova-a da ponta da flor. Então, quando todas as flores estiverem acabadas, corte todo o espinho de maneira limpa a cerca de 3cm da base. A orquídea se concentrará no crescimento das folhas. Deve florescer novamente no ano seguinte.

Se você tiver uma orquídea-traça ( Phalaenopsis ), ela florescerá novamente mais rapidamente se você cortar o ponto logo acima do terceiro nó da base.

Quer aprender melhor como cuidar de orquídeas? Clique aqui

 

Como funciona o Programa Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal que tem o objetivo de oferecer auxílio às famílias carentes, consideradas pobres e extremamente pobres, o programa também unificou outros programas que já existiam em cidades e estados brasileiros através do Cadastro Único (CADUNICO).

cadunico

O Cadastro Único (CADUNICO) deve ser realizado em um dos Centros de Referência Assistencial (CRAS), para fazer o cadastro deve ser eleito um responsável pela família e pelo Cartão Bolsa Família, o responsável deve levar até uma das unidades do Centro de Referência Assistencial (CRAS) todos os documentos para o cadastramento.

Após o Cadastramento a família recebe um Número de Identificação Social (NIS), este número é o número do Cartão Bolsa Família, no sistema da Caixa Econômica Federal cada cidadão deve ter um número que pode ser o Número de Identificação Social (NIS) ou Número do Cartão Cidadão.

NIS- Número de Identificação Social

Todas as famílias cadastradas para receber o benefício devem ter um Número de Identificação Social, chamado de NIS, o responsável pela família não pode estar empregado porque o Número de Identificação Social (NIS) é substituído por PIS ou PASEP quando o responsável é empregado.

O Sistema da Caixa mantém todas as informações do cadastro no Programa Bolsa Família, mas não cria um novo número para o Cartão Cidadão que permanece o mesmo Número de Identificação Social (NIS).

O recebimento do benefício somente é concedido através do Número de Identificação Social (NIS) que é o mesmo Número do Cartão Bolsa Família, para conseguir o benefício é necessário o cadastro no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

NIS

CRAS- Centro de Referência e Assistência Social

O Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) foi criado para o atendimento de famílias carentes, pobres ou extremamente pobres, estão estrategicamente localizados em áreas pobres dos estados e municípios brasileiros, periferias das grandes cidades e no interior.

Existem também Unidades Móveis do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) com o objetivo de atender áreas de difícil acesso, as unidades móveis são criadas por entidades governamentais dos estados e municípios responsáveis pelo atendimento das famílias carentes.

CADUNICO- Cadastro Único

Os Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) são responsáveis pelo cadastramento das famílias carentes, o cadastramento é chamado de Cadastro Único ou CADUNICO e foi criado com o objetivo de unir todos os programas de assistência social as famílias carentes.

Os programas de assistência social, integrantes do Cadastro Único (CADUNICO) podem ser Benefício Variáveis ou Benefício Básico. O Benefício Básico é o Bolsa Família para obter o benefício básico é necessário apenas a comprovação do rendimento familiar, número de filhos e pessoas que fazem parte da família e residem na mesma casa.

O Bolsa Escola Federal é um Benefício Variável, para ter direito ao benefício é necessário a comprovação de crianças em idade escolar, durante o cadastro no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), também somente é concedido o benefício as crianças que tenham frequentado a escola regularmente com frequência de 70 % (setenta por cento) das aulas.

 

Benefícios Variáveis e Benefício Básico

Além do Bolsa Escola Federal também existem outros Benefícios Variáveis: Assistência ao Idoso, Bolsa Jovem e Assistência às Mulheres e Jovens Grávidas, podem ser acumulados até 3 (três) benefícios para cada família cadastrada no Cadastro Único (CADUNICO).

O Bolsa Família é um Benefício Básico com o limite de R$372,00 por família, unificados todos os benefícios, as famílias com mais de 3 (três) crianças em idade escolar tem o benefício variável Bolsa Escola Federal reduzido para que se ajuste ao valor do Benefício Básico.

O Bolsa Escola Federal permite que até 4 (quatro) beneficiários sejam cadastrados para o recebimento, no caso de um número maior de filhos o filho mais velho perde o benefício, a idade máxima para receber o benefício é de 17 (dezessete) anos.

Cartões de visita e outras ferramentas essenciais, se você estiver procurando por um trabalho

Quando você está procurando trabalho, tudo o que você faz aumenta as chances de ser contratado para o trabalho que você quer é sempre útil.

E é que se você não apostar na introdução de ferramentas que façam sua candidatura se destacar das de outros candidatos, as possibilidades são reduzidas.

Existem muitas ferramentas, tanto offline como online, que ajudam a melhorar a imagem de um candidato em relação a outros e que vão desde o mais clássico que todos conhecemos como imprimir cartões de visita e entregá-los na entrevista para os mais inovadores.

4 ferramentas que ajudam você a encontrar um emprego

A maioria dos empregos em nosso país ainda é encontrada por contatos próximos, como amigos, familiares ou ex-parceiros.

No entanto, não se deve esquecer que cada vez mais empresas estão a fugir das recomendações e estão empenhadas em levar a cabo processos de seleção ambiciosos e trabalhados.

Seja qual for a situação, as melhores ferramentas que podem ajudá-lo a encontrar um emprego são as seguintes:

Cartões de visita

Os cartões são uma maneira rápida e moderna para capturar a atenção de um recrutador ou entrevistador, porque se você dar um para o final de uma entrevista de emprego e o design é elegante e transmite profissionalismo e originalidade, as chances de você chamadas são maiores que uma que não tenha entregue nenhuma.

A grande vantagem desta ferramenta é que eles podem ser facilmente encomendados através de uma impressão on-line, como o Helloprint, onde você pode imprimir cartões de visita de maneira rápida e fácil.

Ele deve incluir as informações mais importantes, como dados pessoais e diferentes meios de contato, como e-mail ou telefone, acompanhados por um design e um logotipo original que chame a atenção e demonstre que você é uma pessoa criativa.

Perfis de redes sociais

Mais e mais empresas estão pesquisando na Internet para o nome e sobrenomes dos candidatos a um emprego para aprender mais sobre eles através de seus perfis em redes sociais.

É importante que os perfis transmitidos tenham uma imagem positiva e profissional. Compartilhar conteúdo interessante relacionado ao local de trabalho e comentar profissionalmente sobre questões de negócios pode ajudar as empresas a formar uma opinião positiva sobre você.

Carta de apresentação

Muitos candidatos a um emprego só entregam um currículo para a empresa. Isso pode ser muito original e ser muito completo e não é suficiente para não ter entregado uma carta de apresentação onde você apresenta e fala sobre o seu desenvolvimento profissional, habilidades pessoais e, finalmente, você vende como o candidato ideal para o cargo oferecido.

Participar de eventos profissionais

Se o que atrasa você quando se trata de encontrar ofertas de emprego em seu setor não é encontrá-los, talvez você deva promover seu eu mais sociável.

Ir para eventos profissionais em seu setor, aumentar a rede de contatos com trabalhadores de empresas que você tem através de redes sociais e tudo que você pode pensar em conhecer pessoas ainda é necessário para encontrar um emprego.

Para obter o trabalho que você está procurando e alcançar o sucesso desejado, usar essas ferramentas e truques pode ser muito útil.